Estilo: Gwyneth Paltrow

Que Gwyneth Paltrow é fashionista de plantão todo mundo sabe, mas nos últimos dias ela chamou tanto a minha atenção que definitivamente tive que escrever esse post. A atriz, que está pra lá e pra cá promovendo “Iron Man 2” – seu novo filme – está num desfile de looks incríveis. O resultado de suas composições é simplesmente fascinante.

Tá vendo só como é bom investir em peças curingas? A jaqueta preta de couro Rick Owens e a sandália preta Pucci são provas disso. As stars também repetem seus itens preferidos como nós mortais:

Quero chegar aos 37 assim.

Beijotchau.

Anúncios

Prada Print Collection

A Prada acaba de lançar a “Prada Print Collection”, uma edição especial feita a partir de  estampas de suas coleções passadas. O clima é todo retrô, já que a linha resgata claramente os anos 50: vestido romântico com cintura marcada, sapatilha e bolsa tiracolo. Os preços dos vestidos vão de $760 a $855.

Mais mulherzinha impossível.

Beijotchau.

Camisa Jeans

Depois das calças, coletes e sapatos, mais um item pula do guarda-roupa masculino para o feminino: a camisa jeans. Versátil, ela também funciona como jaqueta, casaco e até chemisier. Pra ser legal, tem que ser oversized, aquela velha história de que pegou emprestado do bofe mesmo. E ah, está valendo combinar jeans com jeans e, quando for assim, fica mais legal compor o look com tonalidades diferentes do material.

Beijotchau.

O batom está de volta

Com a volta do gloss há alguns anos e, na sequência, a febre dos lábios apagados, o batom –  maior símbolo de feminilidade – acabou saindo de cena. Já não é de hoje, também, que o item vem ensaiando um retorno, o que  se depender pelo menos da Chanel, de 2010 não passa.

Para tanto, a marca lançou há algumas semanas a linha Rouge Coco, com fórmula hidratante que facilita a aplicação. De acordo com Peter Phillips, diretor criativo e maquiador oficial da marca, o batom é mais que um produto de beleza. Para ele, o item é um acessório e uma  poderosa arma de sedução. “A diferença entre o batom e o gloss é a mesma que usar salto alto ou sapatilhas, sua postura muda completamente” – diz.


Dica do Peter Phillips:

Usar batom não é fácil. Invista tempo procurando a sua cor ideal.

Pensando nessa dica, BT resolveu dar uma mão. Cor é sempre um assunto delicado, mas vamos lá, dê uma olhada na cor de dentro do seu lábio inferior. Essa é a cor que ficará melhor com sua pele.  Mesmo assim, vai a regrinha geral:

Pele clara: tons de rosa fosco ou brilhante, coral, vinho tinto, vermelho, caramelos, chocolate e reflexos dourados.

Pele média: pink, pêssego, café com leite,  acobreados, avermelhados, dourados e marrons.

Negras: rosa queimado, lilás, uva, vinho, framboesa e marrons.

Beijotchau.

Melissa no CFDA

O CFDA (Conselho dos Designers de Moda da América), que já tinha as Havaianas como uma das marcas de calçados mais importantes do mundo,  agora tem nova integrante verde-amarela: a Melissa. A marca, que já vinha dando passos largos ao contar com parceria de grandes nomes internacionais como Vivienne Westwood, Jean Paul Gaultier e Zaha Hadid, foi avaliada e aprovada pelo conselho, que tem como fundadora a estilista Diane von Furstenberg.

Queremos Melissa by Marc Jacobs.

Beijotchau.